Trabalhadores de postos de combustíveis pedem cumprimento das medidas de prevenção contra a Covid-19

Em campanha realizada pelo sindicato da categoria, os funcionários de posto de gasolina e lojas de conveniência reivindicam que as empresas cumpram as leis de proteção sanitária, e a população apoie ao ir até algum posto. “Somos essenciais”, é a mensagem dos trabalhadores que pedem, entre outras coisas, que o motorista higienize suas mãos quando for ao posto.

Quem explica o objetivo é o presidente do Sinpospetro-RJ, Eusébio Neto:

“O posto é um serviço essencial. Estamos trabalhando para que tudo continue funcionando e para que as pessoas possam ficar em casa em segurança. Muitas empresas não estão fornecendo os Equipamentos de Proteção Individual aos trabalhadores e precisamos fazer que cumpram a lei. A população também precisa fazer sua parte quando for ao posto, efetuar o pagamento usando máscara e passar álcool em gel nas mãos. É um esforço coletivo”, ressaltou,

Eusébio informou ainda que, no estado do Rio de Janeiro três trabalhadores contaminados por Covid19 vieram a óbito.

“Muitos estão afastados com suspeita de Covid. A Lei Municipal 6744/2020, aprovada no último dia 20, torna obrigatório o fornecimento de proteção. Quem for a algum posto e identificar que as medidas nao estao sendo tomadas, precisamos que denunciem”, afirmou o representante dos trabalhadores.

O Sinpospetro-RJ mantém um telefone disponível para as denúncias de ausência de EPI’s. O número é: (21) 98374-0785.

 

Fonte: https://www.brasilpostos.com.br/noticias/saude-e-seguranca-do-colaborador/trabalhadores-de-postos-de-combustiveis-pedem-cumprimento-das-medidas-de-prevencao-contra-a-covid-19/?utm_campaign=News_48&utm_medium=email&utm_source=newsletter-bp

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.