Queda nos combustíveis: gasolina e diesel ficam ligeiramente mais baratos

Uma pesquisa da ANP apontou queda no preço de alguns combustíveis. A gasolina e o diesel ficaram mais baratos. Mas os motoristas não sentiram a diferença.

 

Pode até ser difícil acreditar diante de tanto aumento no preço dos combustíveis. Mas a gasolina e o diesel tiveram uma ligeira queda entre os dias 20 e 26 de março. Foi o que apontou um levantamento feito em todo o país pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Segundo a pesquisa feita nos postos de combustíveis, a gasolina ficou 0,78% mais barata. Enquanto o diesel apresentou uma redução de 1,14%.

Queda nos combustíveis

Com a ligeira redução, o preço médio da gasolina ficou em R$ 7,21. E do diesel, R$ 6,674. Mas, para a maioria dos motoristas, foi difícil perceber essa queda. É que os combustíveis têm apresentado vários aumentos consecutivos. Assim, mesmo com a redução em alguns postos, no fim do mês a economia não chega a fazer diferença diante dos aumentos.

or exemplo, apesar da queda de 1,14% no diesel, o litro ainda está 18% mais caro do que há 1 mês. Ou seja, a pequena redução não serve de alívio para o bolso dos motoristas. A situação é ainda pior se a comparação for feita com o valor do diesel há um ano atrás. Agora está quase 54% mais caro.

Pelos dados coletados pela ANP, o diesel está mais caro no Norte do Brasil, custando R$ 6,914 o litro. Seguido do Centro-Oeste, com R$ 6,899. Já, no caso da gasolina, é no Nordeste que o motorista sofre mais. Está R$ 7,385 o litro. Seguido do Norte, com R$ 7,315. O mesmo levantamento apontou que ao contrário da queda nos dois combustíveis, o etanol hidratado subiu 0,28%. O preço médio do litro nas bombas ficou em R$ 4,952.

 

Fonte: https://editalconcursosbrasil.com.br/noticias/2022/03/queda-nos-combustiveis-gasolina-e-diesel-ficam-ligeiramente-mais-baratos/

 

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.