Postos pedem quebra de fidelidade para vender combustível de distribuidoras

Revendedores acusam fornecedores de não repassarem cortes preço da Petrobras

O setor de postos de combustíveis, por meio de seus sindicatos regionais, entrou com pedido na Agência Nacional do Petróleo (ANP) para que o órgão regulador suspenda, temporariamente, a obrigatoriedade da fidelidade à bandeira. Em meio à crise do mercado, desencadeada pela pandemia do coronavírus, revendedores acusam seus fornecedores de não repassarem as alterações de preço da Petrobras e querem liberdade para comprar de quem quiser, independentemente da bandeira que ostentem em seus postos.

Fonte: valor.globo.com

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.