Petróleo sobe pelo terceiro dia seguido, com dólar impulsionando as commodities

 

Os preços do petróleo subiram pela terceira sessão consecutiva na terça-feira, alavancando a queda do dólar que elevou os preços das commodities e as expectativas de que os estoques dos EUA tenham caído novamente na semana passada, apesar da disseminação contínua do coronavírus levantando dúvidas sobre a demanda de combustível.

West Texas Intermediate, referência para os futuros de petróleo dos EUA negociada em Nova York, encerrou agosto com seu desempenho mais forte em mais de uma semana, subindo 58 centavos de dólar, ou 1,4%, a US$ 41,59 por barril.

Brent, principal indicador dos preços globais do petróleo negociado em Londres, fechou a sessão de Nova York em alta de 24 centavos, ou 0,5%, a US$ 44,39.

O Índice Dólar, que compara o dólar norte-americano a uma cesta de seis moedas concorrentes, retomou sua queda na terça-feira após um alívio desde o final da semana passada, elevando a maioria das commodities, inclusive o ouro, para altas recordes.

Em relação aos estoques, os traders esperam que a Administração de Informação de Energia dos EUA relate na quarta-feira um declínio de 3 milhões de barris nos estoques de petróleo bruto na semana passada.

Mas os analistas alertaram que pode haver uma oscilação inesperada nos dados, de acordo com as tendências recentes.

A AIA relatou duas quedas de 7 milhões de barris e uma queda de 10 milhões de barris em julho, contra dois aumentos de quase 5 milhões. Tanto os declínios quanto os aumentos foram muito além dos níveis previstos pelos analistas.

Com os dados da semana anterior mostrando uma queda fora do comum, o lançamento da EIA desta quarta-feira para a semana de 27 a 31 de julho poderá relatar um enorme crescimento, dizem eles.

Apesar da recuperação de três dias no petróleo, traders disseram que a commodity continua sob pressão devido a preocupações de que uma nova onda de infecções por Covid-19 em outras partes do mundo dificultará a recuperação da demanda, assim como os principais produtores aumentam a produção. Na Europa e Ásia, crescem as preocupações de que o coronavírus esteja se espalhando em uma segunda onda global, disse Paola Rodriguez Masiu, da Rystad Energy.

Fonte: https://br.investing.com/news/commodities-news/petroleo-sobe-pelo-terceiro-dia-seguido-com-dolar-impulsionando-as-commodities-770916

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.