Petróleo fecha em alta após avanço inesperado nos estoques dos EUA

O petróleo fechou em alta nesta quarta-feira (26), após o Departamento de Energia dos Estados Unidos registrar um aumento considerável nos estoques do óleo, enquanto era esperado recuo. Os ganhos, porém, foram contidos pelo avanço do dólar no exterior, que torna o barril da commodity mais caro para outros detentores de outras moedas.

O WTI para agosto fechou em alta de 0,09% (US$ 0,07), em US$ 80,90 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para setembro subiu 0,30% (US$ 0,25), a US$ 84,47 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).

Hoje, o DoE informou que os estoques de petróleo americanos avançaram 3,6 milhões semana passada, enquanto analistas esperavam recuo de 2,3 milhões. Os preços, que recuavam no começo da manhã, então aceleraram e sustentaram um avanço modesto.

De acordo com o TD Securities, o movimento do petróleo deve ser de alta nos próximos dias, visto que tensões no Oriente Médio e novos ataques a navios no Mar Vermelho pelo grupo Houthi devem suportar os preços elevados.

Para a analista de Mercados do City Index Razan Hilal, os olhos do mercado petrolífero estão voltados para a leitura da inflação do PCE americana em maio, visto que um movimento desinflacionário pode ser favorável à demanda do país, e um corte de juros iminente na maior economia do mundo pode ser transmitido aos mercados internacionais.

Autor/Veículo: E-investidor – Estadão

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *