Nova gasolina mais eficiente chega em agosto impedindo importação de combustível inferior no Brasil

Nova gasolina mais eficiente chega em agosto impedindo importação de combustível inferior no Brasil

 

A partir de agosto a gasolina comum brasileira atenderá a novos padrões de octanagem. O governo quer aumentar a octanagem para níveis muito próximos da gasolina padrão americano e da gasolina tida como Premium no Brasil, que hoje custa mais de R$ 6 o litro. A octanagem é a resistência que um combustível tem para a detonação no motor. Ao resistir mais, tendo mais octanagem, toda a potência do motor é aproveitada, pois a gasolina queima no tempo certo. Uma gasolina de baixa octanagem queima de maneira menos eficiente no funcionamento do motor.

No último sábado (11), durante o programa Uirapuru Ecologia, falou sobre este assunto o professor Edesnei Barbosa Brigão, do curso de Engenharia Química da UPF. O professor explicou que a gasolina brasileira estava sofrendo com importações de má qualidade nos últimos meses. Esta gasolina importada por algumas distribuidoras atendia as especificações mínimas nacionais, mas, por ser de má qualidade, rendia menos no carro brasileiro, projetado para um padrão de combustível um pouco melhor.

Ao padronizar a octanagem da gasolina comum nacional, ficará difícil estas importações e assim toda a gasolina nacional terá um padrão de qualidade superior até mesmo ao conhecido hoje. O resultado é menor produção de poluição, mais quilômetros por litro de combustível e melhora no funcionamento do motor que a utilizar. O professor destacou que qualquer carro vai poder usar esta gasolina, mas o benefício varia de acordo com a potência de cada motor.

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.