Manhã de volatilidade no mercado de óleo

Sinal inverteu após a Arábia Saudita anunciar que a Saudi Aramco vai em frente com o corte voluntário de 1 milhão de barris/dia de produção em junho, ampliando o controle da oferta firmado pelos países da OPEP+.

— Futuros do Brent passaram a subir 0,4%, cotados a US$ 31,09, após recuar 2,96%. Cotação varia entre US$ 31,47 e US$ 29,79.

— Contratos registraram duas semanas seguidas de alta, motivada pela esperança de relaxamento das medidas de isolamento, necessárias para conter a covid-19. Há, contudo, preocupações com uma uma nova onda de contaminação.

— O acordo fechado em abril previa a retirada de 9,7 milhões de barris/dia em maio e junho. Com o corte adicional, Arábia Saudita eleva sua cota para um corte de cerca de 4,8 milhões de barris/dia, para uma produção de 7,5 milhões de barris/dia em junho – no auge da guerra e preços, o reino produziu mais de 11 milhões de barris/dia, aplicando descontos agressivos, em especial para clientes asiáticos. Reuters

Impacto da crise nas atividades petrolíferas no Nordeste podem levar a uma perda de R$ 200 milhões com arrecadação de royalties, reduzindo em 18% de municípios da região em 2020, de acordo com balanço do Valor, com dados da ANP.

— Efeito combinado da queda do valor da commodity com a desativação de campos. Formalmente, a Petrobras notificou a ANP da intenção de hibernar 23 campos no Nordeste, incluindo ativos águas rasas.

— “O Valor apurou que a petroleira desmobilizou sondas que operam em campos terrestres, na Bahia, Rio Grande do Norte e Sergipe, de empresas como Braserv, Conterp e Perbras. Só a Braserv, segundo uma fonte sindical, teve 11 sondas desativadas e deve demitir cerca de 650 empregados”, informa o jornal.

Socorro para as distribuidoras de energia elétrica pode sair esta semana e empréstimos devem girar entre R$ 10 bilhões e R$ 13 bilhões, segundo o Broadcast/Estadão. O governo trabalha na regulamentação da Conta-COVID, prevista na MP 950.

— Se confirmado, valores serão menores do que o estimado inicialmente, de R$ 15 bilhões a R$ 17 bilhões. Operação será feita por um consórcio de bancos, liderado pelo BNDES, gerida pela CCEE.

— Valores serão utilizados para amenizar o impacto do reajuste da tarifa de Itaipu (aumento do dólar), reajustes na receita das transmissoras de energia e de encargos da CDE (fundo setorial que banca subsídios), prolongando o impacto que seria em 12 meses para 60 meses de amortização. E para recompor o fluxo de caixa das distribuidoras, afetada por uma inadimplência que foi a mais de 13%.

— Em entrevista à Agência Infra, o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, defendeu que os empréstimos funcionarão como um “amortecedor tarifário” e não se reverterão em um “tarifaço” para o consumidor de energia.

A Petrobras anunciou nesta segunda (11) que confirmou a presença de óleo durante a perfuração de dois poços nos campos de Búzios (Santos) e Albacora (Campos). São reservatórios já descobertos – Búzios está em produção com quatro FPSOs e Albacora, originalmente um campo do pós-sal, tem um prospecto no pré-sal, batizado de Forno. epbr

— A presença de óleo no reservatório foi confirmada durante a perfuração de poços direcionais classificados pela companhia na ANP como “especiais” (poços sem objetivo específico, como os pioneiros, de extensão ou de produção).

Petrobras e Sebrae lançaram novo edital para aporte em startups, micro e pequenas empresas. Buscam projetos nas áreas de tecnologias digitais, robótica, eficiência energética, catalisadores, corrosão, redução de carbono, modelagem geológica, tecnologias de inspeção e tratamento de água. Financiamento e até R$ 500 mil, podendo chegar a R$ 1 milhão. Inscrições entre 11 de maio e 28 de junho no site do Sebrae.

 

 

Fonte: https://mailchi.mp/epbr.com.br/comece-seu-dia-2001653?utm_source=WhatsApp&utm_medium=grupos&utm_campaign=comece-seu-dia

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.