Gasolina brasileira ficará mais difícil de ser adulterada

A ANP, agência do governo que regula os combustíveis, determinou uma série de novos parâmetros para o combustível vendido no Brasil a partir de agosto.

A ANP, que controla os combustíveis no país, determinou novos parâmetros para a gasolina a ser comercializada em todo o Brasil a partir de agosto. São três itens: o primeiro diz respeito ao ponto de evaporação. O segundo fala da octanagem.O terceiro, e mais importante e que interessa ao consumidor, é sua densidade.

Para quem não sabe, densidade, ou massa específica, é o peso do líquido. E a ANP determinou uma densidade mínima de 715 kg por M³ da gasolina.

E a importância disso é que, quanto menor a densidade, quanto mais leve a gasolina, menor a sua eficiência e maior o consumo. A exigência de uma densidade mínima vai dificultar a ação dos postos desonestos que adulteram a gasolina.

Bomba de combustível abastecendo o tanque do carro com gasolina

 

Fonte: https://autopapo.uol.com.br/blog-do-boris/gasolina-brasileira-anp-mudanca/

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.