ETANOL/UNICA: VENDA POR USINAS DO CENTRO-SUL CAI 32,45% NA 1ª QUINZENA DE ABRIL, PARA 799 MI DE LITROS

As vendas de etanol pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil somaram 799,03 milhões de litros na primeira metade de abril, dos quais 761,68 milhões de litros foram destinados ao mercado interno e 37,36 milhões de litros para exportação. Os dados são do primeiro levantamento da safra 2020/21, divulgado hoje pela União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica), e apontam para uma queda expressiva de 32,45% no volume comercializado em relação ao mesmo período de 2019, quando foram vendidos 1,183 bilhão de litros.

O volume de etanol direcionado para o mercado externo na primeira metade do mês representa um aumento expressivo ante a mesma quinzena de 2019, quando foram vendidos 6,92 milhões de litros. Já as vendas para o mercado doméstico tiveram uma queda de cerca de 36% na comparação interanual, já que no mesmo período do ano passado 1,176 bilhão de litros de etanol foi comercializado dentro do País.

Conforme a Unica, o faturamento do setor já está sendo afetado pelo cenário de forte queda na demanda por combustíveis e recuo dos preços do petróleo e de açúcar. Na primeira metade de abril, a receita das empresas com a venda do biocombustível foi quase 50% inferior aos valores registrados em igual data do ano passado. Nesse contexto, o diretor Técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, reforça a necessidade de ações de auxílio ao setor sucroenergético. “O anúncio de medidas emergenciais é absolutamente urgente e necessário para reduzirmos o risco de colapso das atividades”, ressaltou em comunicado da entidade.

Mercado interno

O volume comercializado de etanol anidro no mercado interno caiu 33,57% nos primeiros 16 dias de abril na comparação com o mesmo período do ano passado, para 201,2 milhões de litros. Quanto ao etanol hidratado, a queda nas vendas para consumo doméstico foi de 35,77% na primeira metade do mês, com as vendas alcançando 560,48 milhões de litros, contra 872,64 milhões de litros na primeira quinzena de abril de 2019.

 

 

Fonte: http://broadcast.com.br/cadernos/agro/?id=blJ5S1B1ck05ZWp1ZGRqWmFOUlgvQT09

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.